16 de outubro de 2015

Vênus - Deusa do amor e da beleza

Autor: Sandro Botticelli;
Onde ver: Uffizi, Florença, Itália;  Ano: 1485 Técnica: Têmpera sobre tela;
Tamanho: 172,5cm x 278,5cm  -  (1)

Nascimento de Vênus:

"Os pagãos, como ja vimos, tinham personificado não somente os fenômenos da natureza, mas também as faculdades físicas ou intelectuais do homem, as suas virtudes e os seus vícios, as suas qualidades e excentricidades. A beleza foi também divinizada e a esta nova divindade chamaram os latinos. Vênus, os gregos Afrodite, isto é nascida da espuma, Vênus era filha do Céu e do Mar, contando-se o seu nascimento pelo seguinte modo:
Urano tendo sido ferido por Saturno, algumas gotas do seu sangue caindo no Oceano [Águas de Netuno], imediatamente se formaram flocos de espuma branca como a neve, e de entre as ondas viu-se então sair uma donzela duma beleza arrebatadora, embalada pelas vagas e acariciada pelo suave sopro dos zéfiros; os Tritões e as divindades do mar colocaram-na sobre uma grande concha e foram depô-la na ilha de Chipre; assentada na praia, sacudiu a sua longa cabeleira toda molhada espalhando suaves perfumes; coroada de rosas subiu, brilhante e radiosa, para o Olimpo. À sua chegada, a admiração foi grande e geral, Júpiter adotou-a por sua filha e colocou-a no trono ao lado das outras deusas. Todos os deuses a cobiçaram para esposa, mas foram todos repelidos, só Vulcano, que não se tinha manifestado por causa da sua deformidade e da sua feialdade, foi preferido a todos os seus rivais por vontade soberana de Júpiter. O casamento de Vênus com Vulcano, o mais disforme dos deuses, significa que o império da beleza se estende mesmo àqueles que não têm o dom de agradar. " (MAGNO, Pág. 91-92)

Ilustração de Vênus sendo deposta na ilha do chipre após nascimento
Vênus sendo deposta na ilha - (2)

Côrte de Júpiter:

"Júpiter organizou então o pessoal da sua côrte; colocou o seu trono no meio do Empireo, trono de ouro que era sustido pela Justiça e pelo Pudor, aos lados estavam Juno sua irmã e esposa, Neptuno deus dos mares, Mercúrio deus da eloquência e do comércio, Apolo deus do sol e da luz, Marte deus de guerra, Vulcano deus do fogo, Ceres deusa da agricultura, Minerva deusa da sabedoria e das artes, Vesta deusa do lar doméstico, Diana deusa da caça e da lua e Vênus deusa da beleza. Estes eram os deuses e deusas chamados a deliberar sobre os destinos do mundo e dos homens, formavam o conselho e a côrte de Júpiter e representavam os dose meses do ano."  (MAGNO, Pág. 33)

(1) - http://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2012/05/08/927864/conheca-nascimento-venus-sandro-botticelli.html
(2) - MAGNO, ALBINO PEREIRA - MITOLOGIA - História do paganismo de vários povos da antiguidade, Egípcios, Assírios, Babilônios Persas, Gregos, Romanos, lndus, Scandinavos. Bretões e Gaulêses, e sucintas narrações dos seus usos e costumes em relação com as suas crenças religiosas -INTERPRETAÇÃO  E EXPLICAÇÃO DAS DIVERSAS PASSAGENS MITOLÓGICAS DOS "LUSÍADAS". J. RODRIGUES e Ca. 186, RUA DO.OURO, 188 . LISBOA